Ocupação no Jd. Adelaide

Moradores conversam com vereadores sobre ocupação

Cerca de 100 pessoas compareceram na sessão de ontem (10 de abril) na Câmara Municipal de Hortolândia para conversar com os vereadores sobre uma ocupação em um condomínio abandonado no Jardim Adelaide. Uma comissão de cinco moradores pediu apoio dos vereadores para que as famílias não sejam removidas do local.

 

O objetivo da vinda do grupo à Câmara foi mostrar aos vereadores que o movimento é organizado e pedir apoio político nas negociações com a prefeitura e também com os processos movidos contra os moradores ocupantes. Segundo a comissão, 136 famílias moram em um condomínio de prédios que não foi finalizado por uma construtora. As obras estariam paradas há mais de 20 anos.

 

Os vereadores se colocaram a disposição, inclusive com a Comissão de Desenvolvimento e Bem Estar Social, Direitos Humanos e Cidadania, para ajudar aos moradores. “Uma reunião com os vereadores da Comissão e outros que queiram participar, será feita no condomínio para ficarmos a par da situação e ver o que podemos ajudar. Nós, do Poder Legislativo, não temos poder de decisão em um caso desse, mas politicamente podemos ajudar sim”, comentou o presidente da Casa de Leis Hortolandense, Zaca (PTB).