Junho vermelho: a importância de doar sangue

Campanha nacional chama a atenção para a importância das doações de sangue

Começou no último sábado, 01 de junho, o Junho Vermelho, mês de conscientização para a importância da doação de sangue no país. A campanha visa estimular as pessoas a procurarem hemocentros para que os estoques de sangue não caiam muito e prejudiquem os trabalhos em unidades de saúde pelo país, que não diminuem.

Junho, por ser um mês mais frio, é uma época em que há uma queda significativa nas doações de s

angue, por isso a campanha foi instituída pela Lei Estadual nº 16.386 em 15 de março de 2017 e atualmente atinge todo o país. De acordo com matéria da Agência Brasil, várias instituições públicas e privadas, prédios e monumentos históricos em diferentes localidades do país serão iluminados com a cor vermelha durante este mês. Também serão feitas ações especiais durante a semana do Doador de Sangue, comemorada no dia 14.

A campanha se faz necessária pois, através de pesquisa realizada no ano de 2017 pela Eu Dou Sangue, em parceria com o Instituto Datafolha, ficou constatado que 92% dos brasileiros entrevistados disseram que não doaram sangue entre junho de 2016 e junho de 2017. Os dados também apontara que 39% não sabem seu tipo sanguíneo. “O estudo, que ouviu 2.771 entrevistados em todo o país, mostrou que o desconhecimento é maior entre os homens (44%) do que entre as mulheres (35%). Assim como a maioria dos jovens (52%), na faixa dos 16 aos 24 anos, também desconhecem esse aspecto de seu próprio corpo”, relatou a Agência Brasil em sua matéria.

Outro dado apontado pela pesquisa em questão é que, além do clima frio, que contribui para a queda dos estoques de sangue, feriados e dias chuvosos também impactam negativamente os Hemocentros, que registram 30% de queda na quantidade de bolsas de sangue.

Quem pode doar?

  • Pessoas entre 16 e 69 anos

  • Ter peso acima de 50 quilos

  • Não apresentar anemia em teste feito antes da doação

  • Não estar hipertenso ou hipotenso arterial no momento da doação

  • Não apresentar febre

  • Não estar grávida, nem amamentando crianças menores de 12 meses

  • Não apresentar alterações nos batimentos cardíacos no momento da doação

Procure um hemocentro perto de você e doe sangue, você salva várias vidas!

RUA JOSEPH PAUL JULIEN BURLANDY, 250 - PQ. GABRIEL - HORTOLÂNDIA/SP - CEP 13186-620 - TEL(19) 3897-9900

Horário de Atendimento ao Munícipe - De segunda a sexta-feira das 08:00 às 17:00 horas